quarta-feira, 20 de novembro de 2019

“Estou de coração partido”: presidente da KyoAni comenta sobre incêndio criminoso

Em coletiva de imprensa na sexta-feira, 19, o presidente da Kyoto Animation, Hideaki Hatta, comentou sobre o dano causado pelo incêndio no prédio do Estúdio nº1, que deixou 34 mortos e um número similar de feridos na última quinta-feira. “O dano [monetário] total? Extremo. Eu ainda não tenho os detalhes completos.”

O estúdio fica em um prédio de três andares na cidade de Uji, nos arredores de Kyoto, e era onde acontecia a maior parte do processo de animação da empresa, assim como também era onde estava localizada a maior parte do acervo mantido pela empresa. Acredita-se que todo o material que estava no prédio tenha sido destruído pelo incêndio.

O incêndio foi provocado no dia 18, às 10h30 do horário local, quando um homem entrou no estúdio e encharcou o primeiro andar do prédio com aproximadamente 40 litros de gasolina, fazendo com que uma explosão acontecesse assim que ele jogou um isqueiro no chão. O corpo de bombeiros conseguiu controlar o fogo por volta das 17h00, mas ele só foi completamente apagado às 6h20 da manhã do dia seguinte.

Das 34 pessoas que morreram, duas foram encontradas no primeiro andar, 11 no segundo andar, uma na escada para o terceiro andar e 19 na escada do terceiro andar para o telhado, além de uma pessoa que morreu no hospital devido aos ferimentos.

“Estou de coração partido”, comentou Hatta sobre as vítimas. “Nem em meus pesadelos eu poderia imaginar que um desastre desses poderia acontecer… este é um golpe tremendo tanto para nossa companhia quanto para a indústria inteira. Todos os funcionários eram colegas excelentes e maravilhosos.”

O homem que incendiou o estúdio foi identificado e está sob vigilância no hospital, sedado, e com queimaduras de segundo grau. A polícia já emitiu mandado de prisão e planeja interrogá-lo assim que possível. Ele confessou o crime na ambulância, e disse que sua motivação foi o fato de que a Kyoto Animation teria “roubado sua história”.

De acordo com a NHK, o homem tem 41 anos e foi preso anteriormente por roubar uma loja de conveniência, recebendo uma sentença de três anos e meio. Além disso, a informação é de que ele sofre de distúrbios mentais.

A empresa Sentai Filmworks abriu, ainda no dia 18, uma campanha de arrecadação no site GoFundMe com objetivo de doar pelo menos 750 mil dólares a Kyoto Animation. No momento desta matéria, eles chegaram a pouco mais de 2 milhões de dólares. Muitos fãs estão sendo também direcionados a comprar produtos online diretamente da KyoAni, como desenhos em alta resolução, como ajuda financeira. A Crunchyroll está aceitando mensagens de apoio para enviar aos familiares e vítimas da tragédia.

via ANN.

1 comentário em ““Estou de coração partido”: presidente da KyoAni comenta sobre incêndio criminoso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: