sábado, 19 de outubro de 2019

Incêndio no prédio da KyoAni deixa 33 mortos

Um incêndio criminoso deixou 33 mortos e 36 feridos na manhã desta quinta-feira, 18, no edifício administrativo do estúdio KyoAni, localizado em Kyoto. Segundo a polícia, este foi um dos piores ataques no Japão em décadas.

No momento do incêndio, cerca de 70 pessoas estavam no prédio. Foi confirmada a morte de 12 homens, 20 mulheres e 1 pessoa de sexo desconhecido. Das 35 pessoas levadas ao hospital, 17 estão gravemente feridas.

O incêndio foi provocado por um homem de 41 anos por volta das 10h30 da manhã (horário local; noite de quarta-feria aqui no Brasil). De acordo com a polícia, o homem usou um líquido inflamável para incendiar o prédio enquanto gritava “Morra”, e fugiu do local. Um trabalhador seguiu o homem e a polícia o encontrou a alguns metros do local do incêndio, com queimaduras de segundo grau.

Pelo menos 30 carros de bombeiros foram mobilizados para conter as chamas num processo que durou por volta de 5 horas. Durante o resgate, 10 pessoas foram encontradas desacordadas no segundo andar. A maior parte das mortes foi por asfixia.

Hideaki Hatta, presidente da Kyoto Animation, disse à imprensa que o estúdio vinha recebendo ameaças de morte por e-mail já fazia algum tempo.

Segundo a polícia, o homem não tem qualquer ligação com o estúdio. O incêndio no prédio do estúdio Kyoto Animation foi a pior tragédia em termos de número de vítimas desde o começo da era Heisei, em 1989.

Fonte: The Mainichi.

7 comentários em “Incêndio no prédio da KyoAni deixa 33 mortos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: