sábado, 19 de outubro de 2019

8 jogos antigos para você relembrar a infância

De Battlefield a Sonic, os jogos da infância do gamer raiz.

Hoje é o dia das crianças e você, que já é adulto, pode aproveitar também. O que importa é não deixar a criança que há dentro de você morrer.

E nada como relembrar o tempo que passou jogando alguns jogos que fizeram a infância de muita gente feliz. Confira agora nossa lista de jogos retrô para você relembrar a infância que já passou. Até porque jogos bons continuam bons mesmo com o passar dos anos.

Battlefield III (2011)

Após o enorme sucesso do seu spin off Bad Company, a DICE, juntamente com a Electronic Arts, lançou em 2011 aquele que é um dos maiores sucessos da franquia Battlefield. Para a sua época de lançamento, Battlefield 3 foi um jogo revolucionário em muitos aspectos. Sua engine, a Frostbite 2.0, mostrou ao mundo visuais que eram revolucionários. Além disso, ele foi o primeiro jogo da série principal a ter uma campanha single-player, que conta a história de uma guerra fictícia entre Estados Unidos e Irã sob a perspectiva de pessoas que atuaram nesse confronto desempenhando papéis diferentes (seja a pé, dentro de um tanque ou de um caça). Battlefield 3, inclusive, possui uma comunidade ativa de jogadores online até os dias de hoje.

Final Fantasy XIII (2009)

No paraíso flutuante de Pulse, os humanos que nele vivem são protegidos por deuses conhecidos como fal’Cie, que costumam escolher humanos periodicamente para realizar seus desígnios. Devido às circunstâncias além do seu controle, Lightining e um grupo especial de indivíduos se veem escolhidos pelos fal’Cie para serem seus arautos e eles sabem que, se falharem, terão um destino pior que a morte. Assim começa o enredo de Final Fantasy XIII, que foi lançado originalmente para Xbox 360 e Playstation 3, e depois de alguns anos foi portado para o PC.

Bioshock (2007)

A quem pertence o suor do seu rosto? O homem em Washington diz “pertence aos pobres”. O homem em Moscou diz “pertence a todos”. O homem no Vaticano diz “pertence a Deus”. Para Andrew Ryan, todas essas respostas estão erradas, e isso o inspirou a fundar a cidade submarina de Rapture. Porém, algo deu muito errado e esse lugar, que deveria ser (pelo menos na mente do seu criador) uma utopia, virou um pesadelo, e cabe ao jogador investigar o que aconteceu e tentar sair vivo da cidade.

Warcraft III (2002)

A guerra entre a Aliança e a Horda acabou há décadas, mas Azeroth está novamente em perigo, pois uma terrível força demoníaca deseja levar a chama e a devastação até Azeroth, mas será que antigos inimigos serão capazes de deixar suas desavenças de lado para combater esse novo mal? Assim começa Warcraft 3, um dos jogos de estratégia em tempo mais populares de todos os tempos e que serviu de base tanto para aquele que já foi o MMORPG mais jogado do mundo, World of Warcraft, como também para o surgimento do gênero MOBA através do mod Defense of The Ancients (mais conhecido como DOTA). Na Blizzcon 2018, a Blizzard confirmou que uma versão do jogo gráficos completamente refeitos está em produção, com previsão de lançamento para até 31 de dezembro de 2019.

Homeworld (1999)

Uma descoberta surpreendente mudou a civilização dos kushan para sempre: eles não são nativos do planeta onde residem. Os kushan então decidem construir uma enorme nave mãe capaz de viajar mais rápido que a luz para encontrar aquele que acreditam ser seu verdadeiro planeta natal: Hiigara. No entanto, tal jornada chamou a atenção de outras forças na galáxia que não desejam que os kushan retornem ao seu lar. Essa é a premissa de Homeworld, que em 2015 ganhou uma versão remasterizada. Mais recentemente, o terceiro jogo da série foi oficialmente anunciado, com a Blackbird Interactive (empresa formada por muitos devs veteranos que trabalharam no Homeworld original) sendo responsável pelo desenvolvimento do jogo, e a Gearbox Publishing sendo responsável pela publicação de Homeworld 3.

Descent: Freespace (1998)

A guerra entre humanos e vasudans já dura 14 anos e nenhum dos dois lados está perto da vitória. No entanto, ambas as raças se veem forçadas à deixar suas desavenças de lado para combater um mal maior que põe em risco a existência de ambas as civilizações. Ainda sim, nem todos os humanos ou vasudans estão dispostos a deixar de lado do dia para a noite uma guerra que atravessou mais de uma década. Descent: Freespace surgiu a princípio como um spin off da série Descent, mas ganhou uma identidade própria e uma comunidade de fãs extremamente leal, que produz modificações e melhorias gráficas para o jogo até hoje.

Shadow Warrior (1997)

Lo-wang trabalhou por muitos anos como mercenário para o conglomerado Zilla, mas decidiu se aposentar depois de ver que não concordava com certas decisões tomadas por seu antigo empregador (como invocar monstros do submundo, por exemplo). No entanto, seus antigos empregadores, ao invés de pagarem a devida indenização trabalhista para Lo-wang, decidem que ele é perigoso demais para continuar vivo, e mandam suas forças atrás dele para silenciá-lo de uma vez por todas. Lo-wang, agora embarca numa jornada cheia de sangue, membros decepados, e algumas belas waifus. Esse é Shadow Warrior, um jogo que mistura o melhor dos jogos de tiro em primeira pessoa dos anos 90 com muito fanservice relacionado à cultura pop do extremo oriente. Shadow Warrior também ganhou um remake lançado em 2010, publicado pela Devolver Digital. O sucesso do remake foi tão grande que ele ganhou uma continuação em 2016.

Command and Conquer (1995)

A chegada do mineral alienígena conhecido como Tiberium causou uma revolução sem precedentes devido ao seu enorme potencial energético e dividiu o mundo em 2 facções, a Global Defense Initiative, uma força militar supranacional afiliada diretamente à Organização das Nações Unidas, e a Irmandade de Nod, um misto de culto religioso e organização militar privada, que é liderada pelo misterioso e carismático Kane. O primeiro jogo da série Command and Conquer (também conhecido como Tiberian Dawn entre os fãs da série) foi essencial em popularizar o gênero de jogos de estratégia em tempo real nos anos 90. Recentemente, a Electronic Arts confirmou que está trabalhando numa versão remasterizada de Tiberian Dawn, e alguns dos desenvolvedores originais do jogo estão trabalhando no projeto.

Hexen (1995)

O terrível Serpent Rider conhecido como Korax ameaça a própria existência da realidade, e cabe a um grupo de aventureiros acabar com ele antes que Korax destrua toda a criação. Hexen é a continuação direta do jogo Heretic (cujo vilão, D’Sparil, era irmão de Korax) e, assim como seu antecessor, ele prova que uma premissa simples pode dar origem a um jogo extremamente divertido. A história não importa tanto aqui. O que importa é matar todos esses demônios e mortos-vivos que aparecem em seu caminho.

Menção honrosa: Sonic Mania

Sonic para variar estava de boas, mas o Doutor Robotnik tinha que estragar seu descanso com uma nova ameaça que, dessa vez, afeta o próprio tempo e o espaço. Sonic Mania é jogo que oferece uma excelente releitura dos jogos antigos de Sonic para o mega drive (mais especificamente, do Sonic 1 ao Sonic and Knuckles) e mistura de maneira brilhante antigas mecânicas de jogo com algumas novos elementos mais atualizados. Não é um jogo antigo, mas é 100% retrô em sua alma, e por isso merece uma homenagem.

E você, o que está jogando nesse dias das crianças? E o que costumava jogar no dia das crianças da sua infância? Comenta aí, queremos saber!

1 comentário em “8 jogos antigos para você relembrar a infância

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: